Feira no Paraná recebe 100 mil visitantes em dois dias

O Show Rural Coopavel, primeira grande feira do ano para o agronegócio, começou nesta segunda-feira (06/2), em Cascavel (PR), e vai até a próxima sexta-feira (10/2). Em dois dias de feira, quase 100 mil pessoas já visitaram o local gerando um clima de muito otimismo entre os expositores. A expectativa e que o evento movimente R$ 1,5 bilhão, R$ 300 milhões a mais do que o registrado no ano passado.

Dilvo Grolli, presidente da Coopavel, diz que o incremento nas movimentações virá, principalmente, da venda de equipamentos para granjas de suínos e aves, setores que atuam fortemente na região. “A retomada da economia brasileira está impulsionando a recuperação deste setor, que estava paralisado nos anos anteriores devido à queda no consumo”, disse. “Agora, com mais estabilidade política e uma nova equipe econômica sinalizando a recuperação e priorizando a geração de renda, os investimentos, tanto em tecnologia como em novas granjas, estão sendo resgatados.”

O executivo diz que a estratégia do governo, em priorizar a geração de renda para melhorar o consumo, abriu portas para novos investimentos nacionais e internacionais, em todos os setores que envolvem a economia. “A maior demanda por alimentos será uma consequência dessa estratégia”, afirmou. Outro fator que pode estar impulsionando os negócios neste setor é a expectativa de que o Estado se torne área livre da febre aftosa em suínos nos próximos anos. “Quando isso acontecer, a suinocultura vai ter um salto muito grande e os empresários sabem disso, sabem que precisam estar prontos”.

Além deste setor, ele diz que as negociações em torno de pacotes tecnológicos (grãos) e máquinas agrícolas com agricultura de precisão também estão sendo muito demandadas no Show Rural deste ano.

“O setor do agronegócio se manteve muito bem durante estes anos de crise e agora, tende a melhorar e crescer mais. Teremos certamente a maior safra da história, com 200 milhões de toneladas de grãos e esse resultado mexe com todos os outros setores: tecnologia de precisão, máquinas, indústria, pecuária.Um puxa o outro”, disse o executivo.

Até a próxima sexta-feira, a expectativa da organização do evento, que tem 520 expositores, é receber 240 mil pessoas. No ano passado, foram 220 mil visitantes.

Fonte: Globo Rural

 

Deixe um Comentário