USDA prevê produção recorde de 45 milhões de toneladas de carne

Os pecuaristas dos Estados Unidos esperam alavancar o setor diante dos baixos preços da ração animal, com um crescimento da produção de carne bovina, suína e de perus. Com isso, o país deve alcançar um recorde de 45 milhões de toneladas de proteína animal produzidas em 2017, projetou na quinta-feira (23/2), o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

Segundo o órgão, a produção vai ultrapassar a demanda, o que tende a pressionar os preços do gado bovino e do suíno vivo. Já o preço do frango deve permanecer estável.

Além disso, a produção de leite também deve atingir um nível recorde em 2017, disse o USDA. O anúncio foi feito no Fórum de Perspectivas Agrícolas, em Arlington, no Estado de Virgínia. O evento, promovido pelo USDA, visa discutir as mudanças que ocorrem na política agrícola norte-americana e os impactos do novo governo nas relações comerciais e diplomáticas do país.

Fonte: Estadão Conteúdo

Deixe um Comentário